domingo, 28 de julho de 2019

Festa da Saudade Realizada ontem (27) no Terreiro Matamba Tombenci Neto para Homenagear Mameto Zumbarandá


Mãe Ilza Mukalê junto com seu Ministério realizou mais um festejo no Terreiro Matamba em homenagem a Mameto Zumbarandá, Nkissi da Saudosa Mamato Bandanelunga ( D.Roxá.  











quarta-feira, 3 de julho de 2019

A Companhia Teatro Griô já Se Encontra em Terras Grapiúnas !




A Companhia  Teatro Griô já se encontra em terras Grapiúnas  para realizar nova pesquisa sobre narrativas de tradição da região, que irão inspira o processo criativo de uma nova sessão de histórias da companhia. O primeiro encontro aconteceu hoje no centenário Terreiro Matamba Tombenci Neto em Ilhéus com a Matriarca  do Terreiro ,Mãe Ilza Mukalê.
Confira a Programação  da Companhia em Ilhéus.  
PROGRAMAÇÃO:
Sábado, 06 de julho:
Às 17 horas, Sessão de histórias com Panôs; no Terreiro Matamba Tombenci Neto, em Ilhéus.
Às 19 horas, Apresentação do espetáculo Minha Aldeia – Sessão de histórias e cantigas do Teatro Griô, no Terreiro Matamba Tombenci Neto, em Ilhéus.
Todas as apresentações são abertas ao público em geral, com entrada franca.
Endereço do Terreiro:
Terreiro Matamba Tombenci Neto - Avenida Brasil, 485, Alto da Conquista, Ilhéus-BA.




Governo do Estado da Bahia apresenta: Ações do Projeto Teatro Griô em Flor Chegam ao Sul da Bahia


A Companhia Teatro Griô realizará pesquisa para novo processo criativo e apresentações de sessões de histórias em Terreiros de candomblé de Ilhéus e Itabuna.
A Companhia Teatro Griô realizará de 03 a 10 de julho de 2019, no Terreiro Matamba Tombenci Neto, em Ilhéus, e no Ilê Axé Ijexá Orixá Olufon, em Itabuna, novas ações do Projeto Teatro Griô em Flor. Os artistas da Cia. chegarão no mês de julho nas terras Grapiúnas, para realizar nova pesquisa sobre narrativas de tradição oral da região, que irão inspirar o processo criativo de uma nova sessão de histórias da companhia Teatro Griô, previamente intitulada “Sessão de Histórias Grapiúnas”. Além de realizar apresentações de sessões de histórias nos mencionados Terreiros de Candomblé.
Será um esperado retorno da Companhia aos Terreiros de Ilhéus e Itabuna, após a realização, há dois anos, do Projeto Teatro no Terreiro, que apresentou nestes e no Terreiro do Gantois, em Salvador, espetáculos do repertório da Companhia Teatro Griô. Desta vez, além de apresentar novos espetáculos para a comunidade dos terreiros e o publico em geral, o grupo terá a oportunidade de interagir com os saberes e contos tradicionais das duas comunidades, através da realização da pesquisa para o processo criativo de “Histórias Grapiúnas”.
A pesquisa acontecerá entre os dias 03 e 10 de julho e, os artistas-pesquisadores da companhia, serão orientados por Mãe Hilsa Mukalê e por Ruy do Carmo Póvoas, líderes dos dois terreiros visitados. Ambos são sacerdotes do candomblé, pesquisadores, escritores, e mestres das culturas de tradição oral afro-brasileiras. A partir deste mergulho vivencial nas narrativas de tradição oral de Ilhéus e Itabuna, cidades que compõem a região por muitos denominada de Grapiúna, a companhia Teatro Griô buscará inspiração poética para o seu próximo processo criativo.
No sábado, 06 de julho, a Companhia realizará às 17 horas no Terreiro Matamba Tombenci Neto, em Ilhéus, a Sessão de histórias com Panôs; seguida às 19 horas da apresentação do espetáculo Minha Aldeia – Sessão de histórias e cantigas do Teatro Griô. Já no domingo, 07 de julho, serão realizadas as apresentações no Ilê Axé Ijexá Orixá Olufon, em Itabuna, às 16 horas a Sessão de histórias com Panôs, seguida da apresentação do espetáculo Minha Aldeia – Sessão de histórias e cantigas do Teatro Griô. Todas as apresentações são abertas ao público em geral, com entrada franca.
Estas ações idealizadas e coordenadas por Rafael Morais e Tânia Soares integram o projeto “TEATRO GRIÔ EM FLOR – Apoio às atividades artísticas de criação, formação, pesquisa, qualificação, aperfeiçoamento técnico, intercâmbio e manutenção do repertório do grupo Teatro Griô”. Este projeto propõe o apoio ao trabalho ininterrupto desenvolvido pelo Teatro Griô, grupo concebido há 20 anos, com metodologias próprias, a partir da interação estética entre o Teatro, a Tradição Oral, a Arte dos Narradores Tradicionais e dos Palhaços, da Cultura da Infância, da Literatura Oral e do Teatro de Rua. O projeto tem o apoio financeiro do Governo do Estado da Bahia, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia.
O projeto conta também com o apoio cultural do Terreiro Matamba Tombenci Neto, Organização Gongombira e do Ilê Axé Ijexá Orixá Olufon.
SOBRE A CIA TEATRO GRIÔ
A Cia. Teatro Griô é uma companhia artística com 20 anos de estrada que desenvolve pesquisas e metodologias próprias inspiradas na Tradição Oral, na Arte de Narrar histórias, no Circo-Teatro e na Cultura da Infância. Criada pelos artistas Rafael Morais e Tânia Soares, a companhia além de espetáculos, encontros e pesquisas, oferece cursos e oficinas artísticas para pessoas com ou sem experiência de todas as idades. A Cia Teatro Griô realiza os encontros “Teatro Griô em Flor - Encontro Artístico Inspirado nas Narrativas de Tradição Oral”; o “Teatro a Céu Aberto – Encontro da Arte do Teatro de Rua”; o “Festa no Céu – Encontro Artístico de Valorização da Cultura da Infância”; e os eventos “Tempo de Histórias – Mostra de repertório com espetáculos da Companhia Teatro Griô”, “Histórias Afro-Brasileiras”, e “Noites Griô – Sessões para ouvir e narrar histórias”.

PROGRAMAÇÃO:
De quarta-feira, 03 de julho a sábado 06 de julho:
Pesquisa conduzida por Mãe Hilsa Mukalê com os artistas/pesquisadores da companhia Teatro Griô, no Terreiro Matamba Tombenci Neto, em Ilhéus.
Sábado, 06 de julho:
Às 17 horas, Sessão de histórias com Panôs; no Terreiro Matamba Tombenci Neto, em Ilhéus.
Às 19 horas, Apresentação do espetáculo Minha Aldeia – Sessão de histórias e cantigas do Teatro Griô, no Terreiro Matamba Tombenci Neto, em Ilhéus.
De domingo, 07 de julho a quarta-feira 10 de julho:
Pesquisa conduzida por Ruy do Carmo Póvoas com os artistas/pesquisadores da companhia Teatro Griô, no Ilê Axé Ijexá Orixá Olufon, em Itabuna.
Domingo, 07 de julho:
Às 16 horas Sessão de histórias com Panôs, seguida da apresentação do espetáculo Minha Aldeia – Sessão de histórias e cantigas do Teatro Griô, no Ilê Axé Ijexá Orixá Olufon, em Itabuna.
Todas as apresentações são abertas ao público em geral, com entrada franca.
Contatos:teatro@teatrogrio.com.br www.teatrogrio.com.br www.fb.me/teatrogrio
Parte superior do formulário


terça-feira, 18 de junho de 2019

Espaço Administrativo da Organização Gongombira! 15 Anos Fomentando a Cultura Afro – Brasileira em Ilhéus



A Organização Gongombira de Cultura e Cidadania é uma Organização Não Governamental, sem fins lucrativos, que iniciou suas atividades no dia 20 de junho de 2004. Sediada em Ilhéus, sul da Bahia, seus objetivos primordiais são a preservação, valorização e divulgação da cultura negra na sociedade, bem como a luta contra o racismo e a discriminação. Seus objetivos específicos são: manter políticas de intercâmbio com a comunidade negra e com grupos culturais; estimular a formação de redes com centros de pesquisa, movimentos sociais e instituições diversas na Bahia, no Brasil e no exterior; formar lideranças conscientes e comprometidas com a construção de uma sociedade mais justa, solidária e democrática; aprofundar o debate sobre a realidade do negro na região sul da Bahia.




  


Muita Alegria no Bazar da Gongombira no Terreiro Matamba Tombenci Neto em Ilhéus

 No último sábado (15) de Junho a Gongombira realizou o seu bazar no Terreiro  Matamba Tombenci Neto com às participações das bandas Trio Passarada e Orquestra Gongombiea. Nosso muito obrigado a todos que prestigiou o evento.