segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Projeto Ori realizou Aula de Campo no Complexo Cultural do Terreiro Matamba


No ultimo sábado dia (12) de Agosto , o Complexo Cultural do Terreiro de Matamba Tombenci Neto recebeu os estudantes do curso de gestão cultural do projeto Ori  para uma aula de campo. Os estudantes conheceram os espaços do complexo e participou de uma roda de conversa com os gestores culturais Marinho Santos e Neide Rodrigues da Organização Gongombira. Os gestores da Gongombira falou para os estudantes sobre suas experiências na gestão de projetos desenvolvidos pela Gongombira
























quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Terreiro de Matamba Tombenci Neto Dia 10 de Agosto


Dia de homenagear Senhor Kitenbu! O rei da Nação Angola


Lenda de Ntembu/Kitembu e a Origem de sua Bandeira


A história que é contada pelos antigos sacerdotes bantu, que há muito tempo atrás, as diembu bantu ( tribos bantu) lamentavam a morte de seus filhos, principalmente crianças e as mulheres grávidas sofriam sangramentos e como conseqüência, o aborto de seus filhos.
Diante da situação, o Sobá (rei) procurou o Nganga ia Ngombo (adivinhador da tribo) e pediu que ele fizesse uma consulta ao Minenge ia Ngombo (cesto de adivinhação), para saber o real motivo desses acontecimentos.
A resposta dada pelo Nganga foi que as tribos bantu estavam sofrendo uma maldição espiritual lançada por Mgungula (espíritos trevosos) e que para se livrar da maldição, as tribos deveriam prestar honras, homenagens e oferendas ao Nkisi Kitembu (Divindade da vida e da evolução) que só assim o ciclo da vida voltaria à sua normalidade.
O Sobá rapidamente, mandou que todas as tribos bantu se reunissem e fizeram uma grande oferenda e homenagens ao Nkisi Kitembu, que durou sete dias.
Após o término das homenagens para a Divindade Ntembu, da terra brotou um pó branco “MPEMBA”, que até os dias de hoje podemos ver em barrancos abertos, pela natureza ou pelas mãos dos homens.
Mpemba é o espírito do grande pai de todas as tribos bantu “Nkukua Lunga” e pegaram o pó que saia da terra e esfregaram no corpo de todas as crianças e mulheres das tribos e imediatamente ficaram livres da maldade imposta por Mgungula. Assim, os povos bantu cresceram por toda África.
Para homenagear o Nkisi Kitembu, o povo bantu levantou um mastro bem alto com uma bandeira branca na ponta, simbolizando a Mpemba, que quando balança com o vento indica a direção que o povo bantu deve seguir e ir ao encontro da felicidade.
Por isso o Mukixi Ntembu é considerado a grande Divindade dos povos bantu.  O Rei da Nação ANGOLA.

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Bom Encontro com o Mestre Roxinho ontem(08) de Agosto no Terreiro Matamba


Ontem dia (08) de Agosto a Organização Gongombira em parceria com o Kàwé  - Núcleo de Estudos Afro - Baianos Regionais  da UESC realizou no Terreiro Matamba Tombenci Neto uma roda de conversa com o Mestres Roxinho , com o tema: '' Religiosidade , Ancestralidade e Expressão Corporal na Capoeira de Angola''. Participaram da roda ,Capoeirista ,professores , representantes dos movimentos sociais de Ilhéus é a participação ilustre do cineasta Joel Zito Araújo. Nosso muito obrigado a todos pela contribuição.









terça-feira, 1 de agosto de 2017

Confira tudo sobre os Festejos Religiosos do Mês de Julho no Terreiro Matamba Tombenci Neto 2017


Os Festejos Religiosos no Terreiro Matamba em Homenagem a Nkissi Zumbarandá abril os festejos no sábado dia 29 com a festa da saudade!  


No domingo dia 30, a kizomba (festa) com o Tradicional Makunde (Feijoada) em homenagem a Tateto Nkossi (Ogum)














Nkossi de Mameto Mukalê na Homenagem a Cavungo na festa de julho de 2017 no Tombenci. Há muito ele não vinha. Foi muito lindo! 




Finalizado os festejos religiosos do mês de Julho no Terreiro Matamba Tombenci Neto com Homenagem a Tateto Kavungo (Obaluayê)








No Terreiro de Matamba Tombenci Neto Nasceu Mais Uma Flor!
Na segunda - feira dia 31 de Julho foi suspensas quatro Makotas para compor o ministério do Matamba Tombenci Neto